Compartilhe:

Recebo vários e-mails perguntando se a bateria virtual EZDrummer é boa.

Bom, nesse artigo vou tentar passar o que penso sobre a bateria EZDrummer.

Vamos começar pelo o que a bateria EZDrummer exige de um computador.

A EZDrummer já leva vantagem nesse quesito,  já que não é preciso ter um computador de ultima geração para rodar o software. Um AMD Athlon 1.8GHz com 512MB de RAM roda tranquilamente o EZDrummer.

Além da bateria virtual EZDrummer ser leve, sua interface é bem simples e prática e acompanha quase 10 mil grooves e viradas MIDI.

São quase 10 mil arquivos de som gravados no estúdio Avatar Studios em New York, que tem uma mega estrutura e uma sala fantástica.

Uma função interessante na EZDrummer é o botão “Humanize” que, quando pressionado faz com que a execução se torne mais real.

O mapeamente para escrever a bateria é GM, padrão utilizado na maioria dos softwares e teclados.

Em relação aos canais da bateria EZDrummer, é possível ter todas as peças individuais, ou seja, você pode mixar peça por peça.

[imgpost]Sessão de gravação EZDrummer
Sessão de gravação dos samples da bateria virtual EZDrummer.
[/imgpost]

[imgpost]Interface EZDrummer
Interface da bateria virtual EZDrummer.
[/imgpost]

[imgpost]Mixer da bateria virtual EZDrummer
Mixer da bateria virtual EZDrummer.
[/imgpost]

Bom, como você pode ver, a bateria virtual EZDrummer tem inúmeras vantagens para ser utilizada, porém, uma das coisas que a maioria dos usuários reclamam é a quantidade de sons que são poucas.

Na verdade o Kit padrão é pequeno, porém, existem inúmeros pacotes adicionais que podem ser instalados. Timbres de Jazz, Funk, Country etc.

Minha opinião.

Se você precisa de uma bateria com uma biblioteca pequena, porém com um som grande, a bateria virtual EZDrummer é perfeita.

Deixe seu comentário.

O que você acha da bateria virtual EZDrummer?

Confira um trecho do tutorial sobre o EZDrummer que se encontra no Portal VIP: