Compartilhe:

Olá pessoal!

Acho que algumas pessoas acostumadas a usar o Auto-Tune, ficaram meio com o pé atrás de migrar para o Melodyne. Qual o melhor, Melodyne ou Auto-Tune?

Bom, vamos fazer algumas analises aqui sobre os 2 programas.

O Auto-Tune foi um dos programas mais utilizados para correção de voz, até sair o Melodyne.

Gosto do Auto-tune para correções automáticas, basta inserir o plug-in na trilha, escolher o tom da música, se é maior ou menor e pronto, ele deixa a voz legal, porém, alguns detalhes da voz podem ficar ruim, mas na maioria das vezes ele se sai bem. Bom, ele tem a parte de edição manual também, só que para mim o melodyne sai na frente.

Na verdade, o Melodyne já leva vantagem com uma nova tecnologia – MELODYNE DNA – simplesmente podemos pegar uma trilha de violão que tenha um acorde gravado, e podemos separar as notas que formou aqueles acordes, ou seja, teremos o acorde aberto nota por nota, isso é fantástico, pois imagine mudar apenas uma nota do acorde fechado.

Outra coisa que o melodyne sai na frente é o Melodyne plugin e o Melodyne Studio, onde podemos abrir o melodyne como VST, RTA em forma de plug-in, dentro de qualquer plataforma de gravação, e o Melodyne Studio, onde podemos abrir ele fora do Software de gravação, e nele podemos editar, gravar, e até mixar, então, sem sombra de dúvidas o Melodyne sai na frente em tudo, ferramentas, tecnologia, e praticidade.

É lógico que, muitos ainda usam e vão continuar usando o Auto-tune, é questão de gosto, porém, nas minhas produções musicais, sem sombra de dúvidas uso o Melodyne.

Faço um convite a todos que testem o Melodyne e depois deixem seus depoimentos aqui para que futuros leitores tirem suas conclusões.

Grande abraço a todos.