Compartilhe:

Resolvi escrever esse artigo para relatar um fato que ocorreu há mais ou menos quatro anos.

Certo dia, eu estava mixando uma música, e o artista acompanhava a mix.

Finalizei o que tinha que ser feito – edição, equalização, dinâmica, panorama, etc.

Bem, foram três horas de mixagem para a tal música.

Até aí o artista não tinha comentado nada sobre a mixagem, até pensei que a música estava finalizada e não precisaria de nenhum recall.

Pois bem, gravei a música em um CD e o artista levou pra casa para escutar e decidir sobre algumas mudanças a serem feitas, caso fosse preciso.

No dia seguinte ele chegou com algumas anotações sobre as alterações que desejava .

Antes de iniciar as mudanças que o artista queria, salvei o preset de cada canal. No final da história vocês vão saber o porquê disso.

Bom,  fiz o que ele tinha pedido: aumenta ali, abaixa aqui, coloca grave ali, tira aqui, etc.

Seja um Membro VIP no Maior Portal Online de Home Studio!

Foi uma hora de ajustes, mas parecia que tinham passado cinco horas (risos).

Depois que terminei de fazer tudo que ele pediu, ele olhou para mim e disse: não sei, Danilo, ainda está faltando algo.

Foi aí que resolvi fazer o seguinte: abri todos os presets que tinha salvado antes de iniciar as mudanças, ou seja, deixei a música do jeito que tinha gravado em CD no dia anterior para ele, e a coloquei pra tocar.

PRONTO! O rapaz não sabia o que falava: poxa, Danilo, era isso, cara, agora ficou perfeita! (risos).

Dei uma risadinha, mas confesso que minha vontade era deitar e rolar no chão de tanto rir.

A partir daí, notei que quanto menos deixar o artista olhar no monitor durante a mixagem melhor será para o trabalho.

Não se deixe ver editando e afinando voz, pois já vai gravar pensando: bom, se eu erro ali, o programa corrige.

Quantas vezes eu estava gravando um cantor e ele disse: Danilo, deixa assim, depois o programa corrige.

Não vou generalizar a situação, pois existem cantores que entendem bem do assunto, não só da parte musical, mas também da parte técnica da coisa. Nesses casos, é até bom o artista interferir no assunto, mas isso não é a realidade para a maioria.

Gostaria que você comentasse sobre o assunto, já passou por algo parecido?