Compartilhe:

Se você deseja gravar o seu CD, está com dúvidas de como tudo funciona ou pretende apenas conhecer mais sobre o assunto, acredito que este artigo vai ajudá-lo a entender um pouco mais sobre produção musical.

Aqui no blog já escrevi diversos artigos sobre o que faz um produtor musical, mas resumindo, o produtor musical toma a frente do projeto e pega uma música gravada apenas violão e voz “rascunho”, cria o arranjo e entrega a música pronto para o artista, ou seja, arranjo, gravação, edição, mixagem e masterização.

Pode ser que o próprio produtor musical faça todas as etapas, mas às vezes ele terceiriza algumas etapas do projeto.

Cada produtor tem suas influências, e quando está produzindo uma música ele busca essas influências para escrever um arranjo, quanto mais músicas escutou em sua trajetória, mais cartas terá nas mangas.

Decidi dar o título a este post de – Produtor Musical Sertanejo – justamente porque as minhas influências partiram do sertanejo, esse foi o ponta pé inicial de minha carreia musical.

Hoje existem inúmeros produtores musicais que estavam em outros estilos musicais e no momento atuam no mercado sertanejo, alguns deles são: Dudu Borges, Pinocchio, Ivan Miyazato entre outros.

Quando comecei a tocar em bandas para acompanhar duplas, conheci diversos músicos e muitos deles que já tinham passado por bandas de grandes artistas e a musicalidade desses músicos era fora do comum.

Foi aí que comecei a buscar outras influências em outros estilos. Alguns músicos como Eric Johnson, Steve Vai, Joe Satriani, Larry Carlton, entre outros.

Posso afirmar que aprendi muito ouvindo esses grandes músicos.

Com a experiência que ganhei nos palcos, mais o estudo de outros estilos, acabei abrindo diversas portas de trabalho e alguns deles vou deixar aqui para você conhecer.

Lembro como se fosse hoje, na maioria das casas de shows a primeira coisa que os proprietários pediam era um CD, para conhecer o trabalho da banda ou dupla sertaneja, isso era inevitável, é como um cartão postal.

Hoje tudo é diferente, Youtube, Facebook e outras mídias sociais ajudam e muito os artistas, em poucos cliques um artista pode ficar conhecido nacionalmente, muitos já ficaram, isso é fato.

Quando alguém me pergunta: Danilo, o que devo fazer para entrar no mercado e mostrar minhas músicas?

A resposta é muito simples, ter a música gravada e mostrar (risos).

Você não precisa gravar um CD com 10 músicas, hoje em dia é muito comum gravar um EP com 5 ou 6 músicas para conseguir a começar a trabalhar com shows, eventos etc.

O importante é ter um material com qualidade, assim você poderá chegar em qualquer rádio, casa de show, empresário e mostrar algo que vai chamar a atenção, pois se você mostrar algo ruim no primeiro contato com essas pessoas, poderá fechar as portar e será difícil provar o contrário.

Então, se você não tem condições de gravar um CD com 10 músicas, grave um EP com 5 ou 6. E se mesmo assim a grana estiver curta, grave uma música de trabalho e comece a trabalhar ela na internet, entre os amigos, rádios da cidade etc.

O importante é você ter um material em mãos para mostrar algo profissional para as pessoas.

É claro que será um prazer fazer parte do seu projeto, mas antes de fechar qualquer trabalho você precisa ter confiança no produtor musical que vai escolher, pois na verdade trate-se de um trabalho que você vai usar para mostrar todo o seu talento.

Costumo gravar artistas de vários estados brasileiros e até mesmo de outros países, e sempre digo que a distância não é problema.

A única coisa que preciso receber são as músicas gravadas com voz e violão ou voz e teclado, e pode ser gravada até no celular, a qualidade não importa, o importante é o produtor conhecer a música, para em seguida começar a criar os arranjos.

Tudo pode ser via internet, a grande necessidade é que o artista venha até o estúdio gravar a voz, mas alguns deles pela distância usam um estúdio da própria cidade e envia apenas a voz para finalizar o trabalho, isso é muito comum.

Volto a falar, o importante é que você tenha total confiança no produtor musical que vai escolher.

Já gravei vários artistas no sertanejo, pop, pop rock, mpb, etc. Alguns deles se destacaram no mercado e conseguiram grandes resultados, outros até mesmo fecharam com grandes gravadoras como Universal Music e Sony Music.

Como disse, foram artistas que jamais imaginaram passar por isso, mas acreditaram e conseguiram.

Posso afirmar que depois que consegui gravar um trabalho e foi lançado por uma dessas grandes gravadoras, me senti realizado como produtor musical, pois jamais pensei que poderia acontecer isso comigo, mas se não tivesse tentado, como saberia que era possível?

Enfim, espero que este post tenha ajudado em algo e que você conseguiu entender um pouco mais sobre o assunto.

E é claro, vou deixar algumas músicas que produzi e espero que goste do resultado.

Se você quer conhecer mais sobre meu trabalho e deseja produzir alguma de suas músicas ou até mesmo seu cd, envie um e-mail para contato@artsomstudio.com.br e será um prazer fazer parte do seu projeto.

Além das músicas abaixo, confira também outros projetos que realizei no link Produção Musical.